Imobiliária em Belo Horizonte
atendimento@rscorretordeimoveis.com

Notícias do mercado imobiliário

Vamos comprar um lote?

VAMOS COMPRAR UM LOTE???



 



Gosto de relatar exemplos pessoais, porque acredito que o
dia a dia da vida nos ensina muitas coisas.



Bom, quando duas pessoas se juntam para comprar um lote, o
objeto desse fato, não tem nada demais, afinal um imóvel pode ter vários
proprietários. Temos que pensar na consequência que essa negociação poderá
gerar no futuro, afinal se às vezes não temos o controle do minuto presente,
que dirá de dias futuros.



O exemplo de hoje é que duas pessoas, amigos, vão figurar
com os nomes de João e Maria, resolveram comprar um lote juntos em um
condomínio fechado, lote este com 1000m² quem foi dividido em 500² para cada
um. Tanto Maria quanto o João, cercaram a parte que lhe era de direito e
construíram uma casa em cada uma das partes. O João, passado alguns anos,
vendeu a sua parte para o José com apenas um contrato particular de compra e
venda, ou seja, no cartório ainda estava registrado o lote em nome de João e
Maria, nessa condição atual o lote ficou de Maria e José.  Neste mês Maria me procurou para ajuda-la a
vender o lote ou a parte que lhe pertence, pois tinha certa necessidade do
dinheiro. Foi ai que fiquei sabendo de toda essa história que estou relatando a
vocês, pois bem, pedi que tirasse uma matrícula atualizada do terreno com ônus,
para saber da situação real até a data de hoje, feito isso pude averiguar que
realmente o lote ainda estava em nome de Maria e João e que ligando para a
administração do condomínio, fui informado que o mesmo é formado por lotes de
1000m² e indivisível, que ela não conseguiria desmembrar o lote, ou seja, a
única solução para o caso é um comprar a parte de outro e ter 100% do lote,
para regularizar toda essa situação.



Por isso é muito importante avaliar o convite “VAMOS COMPRAR
UM LOTE”, hoje o lote se encontra em nome dos antigos donos com um terceiro na
posse de 500², “prendendo” uma futura negociação do lote.



 



Abraço,



 



Renato Sathler.

04/04/2016

Últimas notícias